Que tal começarmos a incentivar nossos filhos a aprenderem a usar corretamente seus talheres? Uma criança menor de 2 anos faz a pega dos utensílios de forma mais primitiva, diferente dos maiores em que a preensão se assemelha a de segurar um lápis. Você pode ficar lembrando ao seu filho nas primeiras vezes como se pega na colher, por exemplo.

Você começa explicando quais utensílios se devem usar para quais alimentos. Quando caso ele estiver com uma colher, diga-lhe:  “Este alimento é mais fácil para comer se você usar um garfo”, e mostre-lhe o garfo.

Em seguida, demonstre o uso correto para o garfo. Este também é um oportuno momento para mostrar a ele boas maneiras à mesa, como qual a posição de seus talheres, uso do guardanapo e até em dizer “por favor,” e “obrigado” a mesa. Para este incentivo, temos aqui a disposição dos utensílios na mesa na hora de comer. É para você imprimir em PDF e começarem a treinar em casa.

talherpreto (2)

copopratoazul

talherrosa

Use a brincadeira para facilitar este aprendizado. As crianças maiores de 2 anos já podem aprender a usar uma faca sem corte quando se brinca com massinha, pois irão se familiarizar com estes objetos fora de casa. A prática leva tempo e aceite o fato de que aprender possa gerar muita bagunça mas é uma habilidade importante.

Pois comer sozinho é uma habilidade difícil de dominar e requer bom controle postural, coordenação motora fina e coordenação oculomanual.

Abaixo um pouco sobre as habilidades motoras para alimentação desenvolvidas por eles, vejam bem, são apenas referências, que podem os ajudar a determinar se uma criança pode comer e beber de forma mais independente.

Aos 9 meses, um bebê:
• Come com pequenas mordidas e mastiga bem devagar.
• Coloca as mãos no copo para beber.
Com 12 meses:
• Pega pequenas migalhas, fazendo uso primitivo de pinça.
• Segura uma colher, mas ainda não usa com boa coordenação.
Com 15 meses:
• Usa colher levando ate à boca e lambe, mas geralmente faz muita sujeira e derruba fácil a colher.
Com 18 meses:
• Usa a colher, leva o alimento de forma mais segura até a boca, mastigando bem.
• Segura bem o copo com as mãos, sem derramar muito, mas pode precisar de ajuda para colocar de volta na mesa.
Com 2 anos, uma criança:
• Se alimenta com colher sem derramar, mastiga com competência. Já começa usar bem o garfo.
• Levanta bem o copo para beber e o coloca de volta na mesa, sem dificuldade.
• Pede comida e bebida, e até pede para repetir.

Com 2 anos e meio: 
• Come com colher e usa o garfo com habilidade. Começa a pedir para usar a faca.
Com 3 anos:

• Come de forma bem mais independente com garfo e colher.

A dica para o momento da alimentação é optar usar no bebê um avental ou babador com mangas compridas. Pois durante o treino a criança precisa de bastante tempo para regular os movimentos de realização da auto-alimentação.

Outra dica é você perceber se seu filho está bem sentado, com os pés firmemente apoiados em vez de estarem balançando para não distrai-los, assim garantir que ambas as mãos estão livres para se mover.

Para uso da colher, veja se o polegar está apoiado bem na alça. E o ajude a levar colher de forma eficaz até a boca no inicio. Se tiverem dificuldade, apoie sua própria mão para completar a tarefa. Importante que o cotovelo do braço que esta levando a comida esteja apoiado, isso vai ajudar no esforço necessário para elevar o braço. Pratinhos antiderrapante ajudam também a manter a estabilidade.

A hora das refeições deve ser agradável, tente não ficar muito ansiosa como seu filho pode sentir isso e também se tornar ansioso. Esta brincadeira fiz com Enzo, deixei ele colorir, nomeamos a cor, os utensílios, ele correspondeu a imagem em sobra aos objetos dele. Vejam que foi pura diversão e aprendizado.

enzobrincandoctalheres

enzocolocandoaveja

disposiçãodetalher

enzocolocandoaveja

Criem e Brinquem,

Até a próxima,

Beijo,

Raquel Jask