Chegou o dia da festinha de 1 ano do seu bebê e nenhum dentinho nasceu. Na festa, a família e os amigos pedem para o bebê dar um sorriso para ver os dentinhos, e…ele ainda não tem dentes? Não nasceu nenhum? E onde você vai, alguém pergunta ou comenta sobre esse assunto, e você fica ansiosa e preocupada. Será que o meu filho tem os dentes? Será que tem algo errado com os dentes dele?

Em uma situação como essa, é normal os pais ficarem preocupados e ansiosos com a demora da erupção dos primeiros dentinhos de leite. De modo geral, os primeiros dentes de leite erupcionam entre seis e oito meses. Só que isso não é regra, é apenas uma média. Pode ocorrer do primeiro dente de leite surgir mais cedo, com 4 ou 5 meses, assim como também o primeiro dentinho pode aparecer mais tarde, por volta de um ano ou até 1 ano e meio.

Em alguns casos a causa pode ser um fator genético que determina o dente nascer mais cedo ou mais tarde, porém esse não é o único motivo de atraso na erupção dos dentes de leite. Em bebês prematuros, por exemplo, os primeiros dentes de leite costumam demorar mais para aparecer. Crianças que não tem a mastigação estimulada pelos alimentos, ou seja, se alimentam mais de alimentos processados e amassados não estimulando a gengiva, também podem ter algum tipo de atraso na erupção dos primeiros dentes de leite.

Cedo ou tarde, mais frequente que o atraso no nascimento dos dentes é a sua precocidade. Por volta de 20% dos bebês têm os primeiros dentes de leite perto dos quatro meses de idade. Já a dentição tardia é mais rara e, mesmo que só ocorra por volta de um ano e meio, não deve ser motivo de preocupação. Até essa idade (1 ano e meio), os pais e parentes do bebê podem ficar tranquilos e controlar a ansiedade aguardando: em algum momento um ou outro dentinho deve aparecer.

 

Se nenhum dente apontar na gengiva do bebê após esse prazo de 1 ano e meio de idade, aí sim, é importante levar a criança a um Odontopediatra para uma avaliação. É comum também nascer dois ou mais dentinhos e demorar para nascer os outros dentes. Na dúvida a melhor coisa a se fazer é procurar um Odontopediatra para uma avaliação mais individual.

Na consulta, avaliamos a gengiva para verificar se ela é muito espessa (gengiva hipertrófica), o que pode dificultar a erupção dos dentes. Se o caso for esse, a solução é mais simples: o Odontopediatra poderá fazer uma incisão no local para permitir que o dente saia. Porém é importante você saber que antes da erupção dos dentes é bem comum a gengiva ficar inchada e avermelhada, podendo inclusive ficar arroxeada.

 

Isso se chama cisto de erupção e normalmente se resolve sozinho, sem a necessidade de intervenção do Odontopediatra. Vitaminas e Ferro não interferem na erupção dos dentes. Se for necessário, o Odontopediatra pode pedir um exame radiográfico para avaliar a possibilidade do bebê ter algum tipo de anadontia (falta de algum dente) ou alguma outra alteração que possa estar impedindo o dente de leite a nascer. Mas saiba que isso é mais difícil de acontecer, e normalmente existem casos na família, um pai, tio ou avô podem apresentar a mesma característica.

Na maioria dos casos o atraso é apenas uma característica da criança. Lembre-se que cada um tem o seu tempo, assim como alguns bebês andam mais cedo, outros começam a falar antes, algumas crianças demoram mais para o nascimento do dentinho. Até os 3 anos e meio, a dentição de leite deve estar completa, lembrando que são 20 dentes de leite.

Fiquem tranquilos! A indicação é levar seu filho ao Odontopediatra ao nascimento do primeiro dentinho, porém se o seu bebê completou 1 ano e meio e nem sinal de dentinhos ou se seu filho tem mais de 4 anos e está faltando algum dente, marque uma consulta com o Odontopediatra.

Na consulta o Odontopediatra saberá avaliar se existe algum impedimento físico, se há apenas algum atraso na erupção ou falta de algum dentinho. Dessa forma, você pode responder quando te perguntarem se seu bebê ainda não tem dentes, -Ainda não, mas ao tempo dele essa boquinha estará cheia de dentes.

Um abraço,

Dra. Juliana Marchi

Mestre e especialista em Odontopediatria e Ortodontia
www.doutorajuliana.com.br
Fone: 51 3307 8313 / 99993 3193

Instagram: @drajulianamarchi

Fonte:  Odontopediatria: fundamentos para a pratica clinica -Livro por Orlando Ayrton de Toledo
              Ortodontia Contemporanea – Livro Autor: William Proffit